Gestão de pessoas não é com o RH

Presidentes e gestores têm papel fundamental na atração, retenção e na administração de pessoas; a área de RH é estratégica e atua como parceiro de negócios. “Passe lá no RH!” Não são poucas as vezes que os colaboradores de uma empresa recebem esta orientação. Não são poucos os chefes que não sabem como tratar um tema que envolve seus subordinados, ou não têm coragem de fazê-lo, e empurram a responsabilidade lateralmente para seus colegas da área de RH. Promover ou comunicar um aumento de salário é com o chefe mesmo; resolver conflitos, comunicar uma demissão, selecionar pessoas, identificar necessidades de treinamento é “lá com o RH”. É impressionante ver quantas áreas de RH aceitam equivoc

CONECTANDO PROPÓSITO E ESTRATÉGIA

SE O TRABALHO REPETITIVO ESTÁ DIMINUINDO E A OFERTA DE TRABALHOS INTERESSANTES AUMENTA, POR QUE AS EMPRESAS AINDA ENFRENTAM TANTOS DESAFIOS NA HORA DE ENVOLVER AS PESSOAS? A RESPOSTA ESTÁ NO RIO QUE SEPARA DOIS LADOS ORGANIZACIONAIS, A ESTRATÉGIA E O ENGAJAMENTO DAS PESSOAS. PARA RECONECTÁ-LOS, É PRECISO CONSTRUIR UMA PONTE SOBRE TRÊS PILARES Certa vez, um pedestre caminhava pela rua quando deparou com um edifício em construção. Percebeu que dois pedreiros trabalhavam naquele momento, com semblantes totalmente opostos: um parecia realmente irritado, enquanto o outro estava bem-humorado. Curioso, ele decidiu perguntar ao primeiro pedreiro o que ele estava fazendo, e recebeu uma respo

A difícil arte de inovar

Os avanços digitais das duas últimas décadas permitiram que milhões de pessoas expressassem sua inteligência criativa. Pensadores não convencionais do mundo todo têm acesso sem precedentes ao conhecimento, ao talento, ao capital e aos consumidores de que precisam para criar startups ou empreender iniciativas em torno de uma grande ideia. A inovação foi completamente democratizada. E, no entanto, ainda é difícil obter produtos e serviços inovadores. Além da transformação dos serviços movida pelos aplicativos móveis e pela internet, não ocorreram picos espetaculares de inovação nos vários setores. Os economistas Tyler Cowen e Robert Gordon falam de estagnação da inovação. O especialista em n

Como concretizar ideias revolucionárias - O segredo dos inovadores mais bem-sucedidos.

Em 2003, Narayana Peesapaty, cientista ambiental indiano, descobriu uma tendência alarmante: os níveis de água subterrânea na região de Hyderabad estavam caindo abruptamente. Ele examinou os registros de precipitação, mas não encontrou nada que explicasse a queda. Investigando mais profundamente, descobriu que a culpa era de uma mudança nas práticas agrícolas. Muitos fazendeiros da região haviam trocado o milheto, uma cultura tradicional vista cada vez mais como “comida de pobre”, pelo arroz, uma cultura sedenta que requer 60 vezes mais água para crescer. E como tinham acesso a eletricidade altamente subsidiada, os fazendeiros bombeavam água continuamente em seus campos. Sem sucesso, Peesapa

Como eu fiz: CEO do Hospital Moinhos de Vento

Quando fui convidado pela Harvard Business Review Brasil para escrever a coluna “Como eu fiz”, confesso meu constrangimento inicial em falar sobre conquistas que são resultado do esforço de tantas pessoas e histórias, inclusive de algumas muito anteriores à minha. Afinal, a vida é um sistema integrado e colaborativo, não havendo espaço para o eu absoluto. Nesse sentido, onde quer que seja lida a palavra “eu”, peço que seja considerado “nós”. Em seu ensaio The Crisis in Education, publicado nos anos 50 pela revista Partisan Review, a filósofa Hannah Arendt já alertava: a humanidade passa por uma crise da tradição, vivendo um conflito relacionado ao passado. A lógica de Arendt não poderia ser

Posts Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 por W3alpha

  • Facebook Clean
  • LinkedIn
  • Google+
  • Instagram