O diagnóstico dos processos e do negócio  deve desenvolver uma visão com foco nos clientes e não uma fixação no que a organização faz ou deixa de fazer, ou seja, um foco interno somente. Caso o foco seja restrito poderemos conseguir benefícios a curto prazo mas nada no sentido de promover a satisfação continuada dos clientes ou desenvolver um espírito interno na busca da melhoria dos processos.

    A participação de agentes externos no trabalho, particularmente a que envolve pessoas, facilita a tomada de decisão, pois sempre teremos aspectos afetivos e de “sobrevivência” que afetam as decisões que precisam ser tomadas e não aquelas que gostaríamos.  

   Durante as etapas de elaboração do diagnóstico, redesenho e implantação do novo modelo buscaremos o equilíbrio entre a eficácia operacional e a satisfação dos clientes, ou seja, sempre buscaremos maximizar a satisfação dos Clientes com o mínimo de recursos possível, visando maximizar os resultados para a comunidade, pois é esta que no final paga as contas.

 

  Através de nossa experiência  identificamos três fatores essenciais e não-excludentes entre si para a remodelagem organizacional funcionar:

  • Liderança disposta a mudar;

  • Remapeamento estratégico de processos;

  • Gerenciamento da transição.

 

Objetivo: Visa desenvolver em ambos, PSI Soluções  e Empresa , a visão global do processo de trabalho analisado, permitindo assim que as soluções apresentadas estejam alinhadas com suas premissas, seus objetivos operacionais e estratégicos.

 

Nossa Equipe de Consultores já aplicou esta metodologia na Auxiliadora Predial, Associação Garantidora de Crédito do Estado do RS (Garantia RS), Fiat Phenix Seguradora e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UCSPA)

© 2018 por W3alpha

  • Facebook Clean
  • LinkedIn
  • Google+
  • Instagram